Saúde Mental da Mulher

Menopausa 


Esse período de vida da mulher corresponde ao fim da idade reprodutiva e início da senelidade. 

É uma fase conturbada, pois além das alterações hormonais, normalmente ocorrem eventos importantes na vida das mulheres, como aposentadoria, perda dos pais, saída dos filhos de casa e mudanças corporais decorrentes da idade.

A menopausa é definida como a última menstruação da mulher e o diagnóstico só é feito quando há ausência de menstruação por 12 meses consecutivos, ou seja, quando a mulher está há 1 ano sem menstruar. Ocorrem em torno dos 51 anos.

Anos antes da menopausa, propriamente dita, os ciclos menstruais já começam a ficar irregulares, é comum a ocorrência de fogachos (ondas de calor), secura vaginal, perda óssea, diminuição da libido, dores musculares, alterações do sono, entre outros. Esse período é chamado de transição menopausal, dura em torno de 4 a 7 anos e se inicia por volta dos 47 anos de idade.

Tudo isso acontece porque nesta fase temos a falência dos ovários que perde sua capacidade de produzir óvulos e hormônios, principalmente o estrógeno.

O estrógeno age em várias regiões do corpo, inclusive no cérebro, onde atua melhorando o funcionamento cognitivo que é fundamental para o processo de aprendizagem e formação de memórias.

A própria doença depressiva, muito comum neste período, causa problemas de memória, por isso é fundamental uma avaliação cuidadosa para a exclusão de doenças psiquiátricas.

Assim, o prejuízo de memória, nesta fase, não é indicativo de início de alguma demência, como a de Alzheimer. Muitas vezes, o tratamento de comorbidades e um treino neurocognitivo melhoram significativamente a memória e a qualidade de vida dessas mulheres.

Existe tratamento para os transtornos psiquiátricos característicos desse período. Procure um psiquiatra!